Botupharma PET

Dicas
Botupharma Pet

Dicas Botupharma Pet

CUIDADO REDOBRADO NO INVERNO: Saiba como ajudá-los no tempo frio!

Se você ama seu pet como um filho, sabe que não existe ninguém melhor do que si mesmo, quando o assunto é o seu bichinho de estimação. Por mais amor e cuidado que temos com os pets, em algumas situações somos surpreendidos por algumas descobertas durante a consulta e muitas vezes, nos culpamos por achar que poderíamos ter evitado alguns problemas.

 

Para manter o bem-estar dos cães nessa estação do ano, separamos algumas dicas importantes sobre alguns problemas que podem piorar nos dias frios e pontuamos algumas medidas simples que fazem muita diferença para o conforto dos peludos.

IMAGEM1

Como os cães expressam a dor?

 

Assim como acontece nos humanos, as dores dos nossos companheiros de quatro patas são intensificadas no inverno.  Além de uivos, gemidos, latidos e rosnadas quando tocados no local acometido, eles podem apresentar comportamentos variados.

 

Alguns cães expressam a dor de maneira discreta, ficando mais quietos, dormem mais do que de costume, o que pode ser interpretado como preguiça e inclusive alguns sinais podem ser confundidos com mania.

 

Por isso, é muito importante conhecer alguns sinais que podem indicar que seu pet não está bem. Em primeiro lugar, conhecer o comportamento padrão do seu animal de estimação é essencial, pois uma mudança, pode ser um sinal de que ele esteja sentindo dor. 

Fique atento aos movimentos do seu pet!

 

Muitas vezes eles podem demonstrar dificuldades para caminhar, se levantar e sentar. Um outro comportamento associado a dor é quando o animal persiste em lamber determinada área do corpo, o que pode ser um sinal de dor local e inclusive na região interna.

 

Os tutores de cães de raças Pug, Shitzu, Pequinês, Buldogue Inglês, Buldogue Francês, Lhasa Apso e Boxer, conhecidos como braquicefálicos, precisam ficar atentos ao seu bem-estar pois tem maior tendência a desenvolver problemas respiratórios e podem sofrer mais nos dias frios.

Cuidado redobrado com os cães idosos

O frio intenso diminui a imunidade e com o avanço da idade, os pets velhinhos passam a armazenar menos gordura e a massa muscular diminui. Por conta disso, ficam ainda mais vulneráveis no inverno. Portanto, coloque roupas quentinhas e evite passeios nos períodos mais frios do dia.

 

Além disso, você pode aumentar a quantidade de alimento de 10 a 20%, pois nessa época eles têm um maior gasto energético para manter a temperatura do corpo. Problemas como dores articulares, artroses, hérnia de disco são frequentes nos pets idosos e podem se agravar nos dias mais frios.

Compartilhe esta matéria!

#botupharmapet #petlovers #cães

Inscreva-se para receber novidades e concorra a um brinde especial todo mês

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

+ Vistos

Posso dar banho no meu cão durante o inverno?

Posso dar banho no meu cão durante o inverno?

Durante o inverno, o seu pet precisa de alguns cuidados adicionais, mas que não o impedem de tomar banho.

Destaque

Sinais de dor nos gatos: como identificar?

Sinais de dor nos gatos: como identificar?

Todo bom tutor de gato, sabe mais do que ninguém que eles possuem um comportamento particular e atitudes inteligentes, o que os tornam tão encantadores.

Conheça +

+ Blogs